Patrocinado


Você está em: Campeonato Mineiro 2021 - Jogo de Hoje

O Campeonato Mineiro de Futebol é a primeira divisão (conhecida como Módulo I) da competição de futebol organizada pela Federação Mineira de Futebol e disputada pelos clubes do estado de Minas Gerais, no sudeste brasileiro.

História do Campeonato Mineiro de Futebol
O Campeonato é organizado pela Federação Mineira de Futebol. Das 101 edições já disputadas, o Atlético é o maior vencedor com 45 conquistas oficiais.

Antes de 1958, o torneio era conhecido como Campeonato da Cidade e era disputado somente por clubes de municípios próximos a Belo Horizonte, como Nova Lima, Sete Lagoas, Barão de Cocais, Conselheiro Lafaiete e Sabará. Havia dois torneios interclubes em Minas Gerais. Um deles – o “Campeonato da Cidade” – era disputado somente por clubes próximos a Belo Horizonte. O outro, por clubes da região de Juiz de Fora. O primeiro começou a ser disputado em 1915 e a FMF homologa seus campeões como campeões mineiros; o último teve início em 1918.

Excepcionalmente em 1933 houve a união das duas ligas para a criação do primeiro “Campeonato Mineiro” com a presença de clubes do interior. A disputa acabou sendo deficitária pelo amadorismo da época e pela dificuldade de traslado por conta das precárias estradas do estado e em 1934 houve a cisão novamente.

Só em 1958 Minas Gerais passou a ter definitivamente um torneio com o nome ‘Campeonato Mineiro’, reunindo clubes de todas as regiões do estado. Essa fórmula atendia aos anseios da CBD e indicava os representantes mineiros na Taça Brasil, que começou a ser disputada em 1959. [1]

Muitos talentos do futebol mundial foram vistos pela primeira vez no Campeonato Mineiro. Jogadores como Tostão, Dirceu Lopes, Toninho Cerezo, Dadá Maravilha, Éder, Ronaldo Fenômeno, Reinaldo e Gilberto Silva fizeram suas estreias como profissionais neste torneio. O Campeonato Mineiro geralmente proporciona grandes partidas, principalmente aquelas protagonizadas pela rivalidade dos maiores clubes da capital, Cruzeiro e Atlético.

Atualmente o Campeonato Mineiro é composto por duas divisões. A Primeira Divisão é composta por dois “módulos”. O Módulo I é o primeiro nível, e o Módulo II o segundo nível. O torneio conhecido como Segunda Divisão funciona como o terceiro nível do futebol mineiro.

Em 1924 a Liga Mineira iniciou uma fase de crise técnica e financeira e alguns clubes se licenciaram do campeonato nesse ano, caso do Atlético. Em 1925 apenas duas rodadas foram disputadas e o campeão ficou indefinido até que, somente em 2012, a FMF homologou oficialmente o título de 1925 para o América. Em 1926 o Palestra Itália se desfiliou da Liga Mineira após não aceitar uma punição técnica por causa de sua excursão ao interior paulista não autorizada pela Liga, desta forma, o clube organizou uma nova Liga (AMET – Associação Mineira de Esportes Terrestres) e um campeonato paralelo com outros clubes de Belo Horizonte. O Palestra Itália sagrou-se o campeão, porém este título ainda não foi oficializado pela FMF porque não era uma Liga associada à CBD e até hoje o clube ainda não conseguiu organizar, por falta de informações e mídia daquela época, um dossiê com a tabela e resultado de todas as partidas para pleitear esta oficialização. Em 1927 a AMET foi extinta e apenas o Palestra Itália e o Syrio Horizontino foram reintegrados à LMDT, enquanto os demais clubes formaram a 2ª divisão. Em 1932 o campeonato se dividiu novamente em duas Ligas e foi criada a AMEG – Associação Mineira de Esportes Gerais, com o América, Palestra Itália e Villa Nova do seu lado enquanto o Atlético permaneceu na LMDT – Liga Mineira de desportes Terrestres. Ambas as ligas eram oficiais e reconhecidas pela CBD, portanto houve dois campeões. Em 1933, com inicio do profissionalismo, a AMEG foi extinta e os clubes se reuniram novamente na Liga Mineira para um único campeonato.

Em 2012 a FMF lançou o troféu “100º Campeão Mineiro” em sua 98ª edição, considerando apenas os anos de 1932 e 1956 com dois campeões.

Em 2014, comemorando a 100ª edição do Campeonato, a FMF lançou um selo comemorativo que os clubes usaram em suas mangas do uniforme durante a disputa.


Patrocinado